Momento vergonha alheia: La Rosa de Guadalupe – Cosplay: Salvemos al Mundo

Nihao! Faz tempo que não posto aqui. Sabe tenho muito o que fazer, principalmente cuidar do meu filhinho que está para nascer, sem falar nas minhas outras responsabilidades. Hoje a conversa será um pouco séria e ao mesmo tempo divertida.

Estava lendo o Mais de Oito Mil (que citei antes aqui no blog), e vi a nova pérola da Televisa: um episódio  dedicado a cosplay na novela “La Rosa de Guadalupe”. Ah, mas não pensem que é tudo um mar de rosas (mesmo rosa fazendo parte do título da novela). Conseguindo ser mais troll que as nossas emissoras tupiniquins, iremos assistir uma visão completamente louca do universo cosplayer, ou seja, a visão dos otakus completamente alienados (em alguns casos essa afirmação seria um tanto redundante…). Morram de rir com a comédia, mesmo o seu espanhol sendo tão bom quanto o inglês da Baby Gaga!!!

Depois de terem se deliciado com esse ótimo programa de comédia, vamos aos fatos.

De certo existem pessoas como essa menina, que se fecham no seu mundinho de fantasia. São pessoas obcecadas e que, por algum motivo, não conseguem enfrentar a realidade que vivem. A válvula de escape pode ser os animes, games ou coisas mais “normais” e aceitas pela nossa sociedade, como novelas, cantores… Quantos aqui já não viram uma reportagem sobre um fã que segue seu ídolo para onde vai, deixando família e responsabilidades para trás? E a nossa sociedade vê tal coisa com bons olhos, até que chegue aos extremos, como assassinar o ídolo ou coisa assim.

Lembro-me que há um bom tempo atrás, Cláudia Raia tinha um programa na TV Globo, onde ela fazia uma sátira de uma noveleira que era extremamente obcecada pelos programas que assistia, ao ponto de acreditar que ela estava vivendo numa novela. Uma novela é mais aceita por fazer parte de nossa cultura, bem diferente de algo vindo de fora, onde vemos pseudos-psicanalistas, querendo fazer análise de um jovem que curte games – e tal coisa piora com o fato da mídia sempre tentar empurrar a culpa para uma forma de entretenimento em vez de buscar as causas reais que levaram um determinado indivíduo a um ato extremo.

Nessa novela, pelo visto, temos uma menina com problemas em casa que se refugia nos animes e cosplay. Todos os cosplayers são assim? Não. Óbvio que existem os retardados, que parecem viver 24 por dia para fazer cosplay. Tanto que, o fato do meu marido afirmar que odeia otakus, deve-se a quantidade de imbecis que ele já conheceu, que acham que estão dentro de um desenho animado. Só que nem todos são assim.

Cosplay é um assunto que está em alta ultimamente. E essa  novela foi um tiro no pé, mostrando uma visão um tanto distorcida da realidade, afirmando que todos aqueles que curtem cosplay são indivíduos com sérios problemas, o que não é verdade. Existe e sempre existirá, aqueles que são alienados, assim como, pessoas normais que não deixam de cumprir suas obrigações e viverem sua vida  como qualquer outro indivíduo produtivo de nossa sociedade.

Para terminar, aconselho para darem uma lida no review engraçadíssimo que a Mara fez. Até mais!!!!^^

Sobre biachunli

Uma menina que adora Street Fighter e é cosplayer nas horas vagas!!!!^^

Publicado em agosto 6, 2011, em cosplay, Etc, Papo cabeça e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: